Sem dúvidas, o universo das criptomoedas é gigante e isso faz com que muitas pessoas tenham dúvidas recorrentes a respeito. Pensando nisso, pensamos em criar este artigo especial aqui no TFX Startup International para entender, finalmente, o que são as criptomoedas, para que elas servem, como funcionam e como comprá-las de forma prática, está no lugar certo. Em função disso, o artigo de hoje é dedicado a esse assunto. Esperamos que você goste! Boa leitura! 🙂
 

Introdução

 
De forma bem objetiva, moedas virtuais, moedas digitais ou apenas criptomoedas são criptografias resolvidas por meio da utilização de dezenas de computadores, descentralizados ao redor do mundo. Na prática, é utilizado o modelo de rede peer-to-peer, ou seja, os computadores que estão interligados são, ao mesmo tempo, responsáveis por descriptografar e por fazer a criptografia existir, tudo de forma descentralizada e bem segura.

Além disso, quando essa operação é bem-sucedida, criptomoedas são geradas posteriormente, essa operação é também conhecida como mineração de criptomoedas! Cada moeda que esse processo gera é única, tem um número de identificação específico e só pode ser transferida por meio do famoso peer-to-peer. Dessa forma, apenas quem tem a moeda pode transferi-la, e isso acontece sem intermediários, sem bancos, governo ou agências.
 

Blockchain

 
De forma bem prática e intuitiva, Blockchain é uma forma de registro de dados completamente imutável, ou seja, está distribuído em um grande grupo de computadores espalhados pelo mundo e que não pertencem à nenhuma entidade, evitando problemas posteriores. Esses dados são organizados em blocos que são protegidos e ligados entre si usando princípios criptográficos, formando uma cadeia criptográfica, daí o termo “Blockchain”.
 

Wallets Digitais

 
Na prática, Carteira (ou “Wallet” em inglês” é o ambiente onde são armazenadas as criptomoedas, por meio de uma hash (chave) criptográfica única. Existem alguns tipos de carteiras digitais, como, por exemplo: Hot Wallet, uma carteira com conexão à Internet (online), e a Cold Wallet, uma carteira em hardware sem conexão com à Internet (offline). De forma resumida e geral, Hot Wallets são comparadas à uma conta corrente na qual é possível movimentar rapidamente uma determinada quantia. Já as Cold Wallets, são comparadas à uma poupança, pois trata-se de um armazenamento de mais longo prazo, mas que deve-se ter todo cuidado para proteção adicional.
 

Significado de Market Cap

 
Essa expressão é bem comum no ambiente de criptomoedas. Em suma, “Market Cap” em tradução literal para o português brasileiro significa “Capitalização do Mercado“, mas é comumente chamado de valor de mercado por muitas pessoas ao redor do Brasil. O modelo utilizado para definir o market cap de uma criptomoeda é o Valor Unitário multiplicado pela Quantidade de Moedas Circulantes. Em nossa plataforma CryptoStation, disponibilizamos aos nossos clientes o acesso gratuito e sem anúncios ao Market Cap e você pode conferir aqui em tempo real.

Veja também outros artigos

pt_BRPortuguês